floquinhos

domingo, 22 de abril de 2012

A chuva, o tédio, a alma...


O domingo chegou enfarruscado, cinzento, molhado, e a alma, hoje, acordou em tédio. Sem saber como estava a vida lá fora, abri a janela na esperança de ver um céu azul, uma cidade preguiçosa, porque é domingo, mas toda banhada de luz. Porque não há tédio que resista a uma linda, ensolarada manhã de domingo... Mas, como já disse, o domingo também era só tédio. Aí lembrei-me de uns versos de Quintana, que dizem:

"No céu é sempre domingo. E a gente não tem outra coisa a fazer senão ouvir os chatos. E lá é ainda pior que aqui, pois se trata dos chatos de todas as épocas do mundo..."


E, diante da irreverência do Poeta, lá se foi o meu tédio, levado pelo vento frio que, entrando pela janela, agitou a cortina suavemente, num gracioso movimento que enfeitou a vida.

12 comentários:

Pitanga Doce disse...

Aqui temos tudo igual. O domingo, a chuva, o ´tédio. Só o vento não tem nada de frio. E amanhã, aqui, é feriado. Jesus nos acuda.

Beijos e boa tarde, Dulce.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Por aqui padeço do mesmo tédio, Dulce. Dias cinzentos a lembrar Outono, quando ansiamos já o Verão.
A citação que faz de Quintana deixou-me, porém, com um sorriso nos lábios.
Obrigado
Beijinho e bom domingo

Agulheta disse...

Amiga Dulce. O tempo cinzento nos deixa mais nostálgico e até sonhador.Ao domingo adoro estar em casa,para ler e colocar algumas coisas em ordem,me habituei quando trabalhava, me acostumei.
Um beijinho e boa semana

Ana Martins disse...

Dulce, boa noite!
Um Domingo cinzento, parece sempre mais triste que outro qualquer dia cinzento, talvez porque ao Domingo, nós desejamos fazer o que não podemos durante a semana mas, há Domingos, que o melhor é ficarmos bem quietinhos no aconchego do lar.

Beijinho,
Ana Martins

Dulce disse...

Pitanga Doce

Ah, minha amiga, que peninha!... Um feriado prolongada no Rio, com chuva? Ô dó!...

Beijos e bom feriado para você

Dulce disse...

Carlos Barbosa de Oliveira

Então, meu amigo, uma primavera a caminho do verão, ainda com cara de outono, é? Deve ser mesmo entediante.

Quintana era um poeta meio maroto, mesmo... risos... Adorável criatura! Terno, gentil, poemas em formato de carinho.

Beijo e boa semana.

Dulce disse...

gulheta

Pois é, Lisa... Mesmo enfarruscado, cinzento, o domingo sempre foi, e é, um dia muito especial. Veja que nem tédio fica nos domingos.
Também gosto muito de passa-lo em casa.

Beijos e uma boa semana para você

Dulce disse...

Ana Martins

Concordo, Ana! O domingo parece feito para o aconchego, a ternura...

Beijos e boa semana para você

Pitanga Doce disse...

Ah, esse "Crazy" num final de domingo...

isa disse...

E aqui está como aí.
E os domingos,agora são tão aborrecidos...
Beijo.
isa.

Dulce disse...

Pitanga Doce

Nem me fale... rs...

Beijos e boa semana

Dulce disse...

Isa

Ainda mais com chuva, não é?

Beijos e boa semana