floquinhos

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

No Dia dos Professores, com carinho

Minha primeira professora foi Dona Adelaide, uma senhorinha delicada que usava de muita autoridade e firmeza no trato com seus alunos, sem nunca perder a doçura da voz.
Fecho meus olhos e vejo-a, ainda, cabelos grisalhos arrumados num coque preso à nuca, óculos que não conseguiam esconder a vivacidade de seus olhos e - não sei se realmente usava sempre roupas escuras, mas é assim que me lembro dela - num vestido de seda azul-marinho com pequeninas flores brancas estampadas, mangas compridas, gola arredondada presa por um lindo camafeu. O que me intrigava muito, porém, era o fato dela colocar outro par de óculos sobre os que sempre usava, para poder ler de perto. Aquilo para mim era surpreendente e sua principal característica, pelo menos naquela época.
Quanta saudade sinto desta e de tantas outras professoras, às quais devo grande parte de minha formação e que trago sempre presentes em minhas lembranças. Por isso, neste Dia dos Professores, quero render minhas homenagens e deixar meu eterno agradecimento a cada um(a) dos meus mestres(as) pela parte de meus caminhos que lhes coube e que tão bem souberam aplainar, tornando meus passos em direção aos dias de hoje bem mais seguros. 

E a todos vocês que dedicaram suas vidas ao magistério, ao ensinar caminhos, a despertar o amor pelo conhecimento, com muito carinho deixo aqui meu abraço, desejando a cada um 

FELIZ DIA DOS PROFESSORES.

12 comentários:

✿ chica disse...

Linda homenagem e parabéns para todos professores!beijos,chica

Pitanga Doce disse...

Eh Dulce! Bom tempo em que o professor era chamado Mestre, hein? De todo modo, um feliz dia aqueles que fazem ou tentam fazer a diferença.

beijos em manhã clara

elvira carvalho disse...

Parabéns a todos os professores. Minha primeira professora que me acompanhou da 1ª à 3ª classe foi uma mulher forte, dura como general em guerra. Chamava-se Georgina, mas era conhecida pela gata, não sei muto bem porquê, mas ainda hoje, mais de 50 anos passados quando alguém fala de professores sempre vem à baila a Georgina gata, e a sua menina de 5 olhos, uma palmatoria que ela usava, uma especie de martelo de bifes redonda, que em vez dos bicos, tinha 5 buracos. Quantas vezes ao batia até fazer sangue.
Um abraço e uma boa semana
Um abraço

Dulce disse...

Chica

Obrigada, Chica.
Beijos e uma ótima semana para você

Dulce disse...

Pitanga Doce

Aos que tentam e fazem a diferença, e não aos que veem no magistério uma simples maneira de receber um salário ao final do mês, ou que foram parar no ensino por não terem encontrado outro caminho,não é, minha amiga?
Felizmente ainda há muitos bons e abnegados professores. A eles, nosso respeito.

Beijos

Dulce disse...

Elvira Carvalho

Que lembranças tristes deixou em seus alunos a senhora Georgina gata!...

Um abraço, Elvira e uma ótima semana para você.

isa disse...

Linda Homenagem,querida Amiga.
Que haja sempre um reconhecimento para quem tanto nos deu de si.
Beijo.
isa.

Maria Teresa disse...

Linda homenagem, Dulce!
Também me lembro da minha primeira querida professora, D. Maria!
Beijos

Beth/Lilás disse...

Elas são inesquecíveis, né mesmo Dulce?!
A minha era dona Maria Luiza e chegava toda elegante em seu Simca Chambord de teto azul turquesa e bege claro. Era pra mim, pequena e maluquete, uma ídala. kkkkk
Linda sua homenagem e lembrança.
um super abraço, carioca


Pitanga Doce disse...

Dulce, não te vi lá no alto do blog. O comentário está demorando a entrar. Já tem resposta lá.

Beijos de novo.

Misturação - Ana Karla disse...

Que homenagem encantadora.
Me sinto nesse mundo.
Vi você na Beth(no dia das crianças)
Xero

Graça Pereira disse...

Os professores ( hoje tão mal amados...) merecem todo o nosso agradecimento e as nossas homenagens.Tive a felicidade de ter grandes Mestres que me indicaram caminhos e me prepararam para a vida profissional!
Um grande abraço a todos eles que abraçam esta Missão: ensinar!!
Beijo
Graça