floquinhos

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

O lirismo de Quintana...


Poeminha dos setenta anos


As tantas horas vividas,
lindas horas, minhas viúvas,
dizem, de riso perdidas:
"Tira o cavalo da chuva!"
Da chuva tirei-o, pois,
e, como o bom senso manda,
ficamos a sós, os dois
vendo a chuva da varanda.
"Ai, cavalo, ai, cavalinho,
não me comas essa flor
que abriu nesse vasinho
onde estava escrito AMOR"!


(Mario Quintana)

Como os leitores a amigos do Prosa podem ver, pelo poema acima, nosso terno Quintana, aos setenta anos, era puro lirismo...

12 comentários:

elvira carvalho disse...

Quintana, sempre maravilhoso. Ainda que com 70 anos...
E que bela violeta.
Um abraço

Mariazita disse...

Olá, Dulce
Muito obrigada pelos parabéns à minha «CASA». Que bom que vc apareceu!

Sou fã de Mário Quintana. Neste poema ele mostra-nos que também se pode fazer boa poesia com humor - assim se prova ser um grande poeta.
Eu não conhecia este poema, e ADOREI!
Obrigada por aumentar meu conhecimento acerca do Mestre Quintana.

Beijinhos

Paloma disse...

DULCE, gostei do poema e das violetas.

Beijos

Idanhense sonhadora disse...

Lindo , o poema, na sua simplicidade .
Quanto às flores , que saudade !...eram as preferidas de minha mãe...
Beijinhos
Quina

Dulce disse...

Elvira Carvalho

Nem sempre a alma envelhece... Ainda mais a dos poetas!

Beijos e bom final de semana

Dulce disse...

Mariazita

Foi um prazer estar por lá, participar da festa...
Quintana á a própria ternura em forma de poeta, por isso ele anda sempre por aqui.

beijos, obrigada e um bom final de semana para você.

Dulce disse...

Paloma

Que bom que gostou, amiga.
Beijos e um bom final de semana para você.

Dulce disse...

Idanhense Sonhadora

Violetas são as flores do encanto das pessoas sensíveis, doces, delicadas, como deve ter sido sua mãe, Quina. Ficam aqui como uma homenagem a ela.

Beijos e um bom final de semana para você.

Ana Martins disse...

Era sim, Dulce, puro lirismo, puro e encantador!

Beijinho,
Ana Martins

Dulce disse...

Ana Martins

Um afago ao coração, não é mesmo?

Beijos e um bom domingo para você.

isa disse...

E lirismo tem idade,minha querida?
Beijo.
isa.

Dulce disse...

Isa

Não, minha amiga, não tem mesmo... rs...

Beijos