floquinhos

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Com o sol entrando pela janela...


Finalmente um sol de verão entrando pela casa, atravessando vidraças e pondo um ar dourado sobre as tábuas do assoalho, espargindo vida e calor pela cidade... Depois de um mês inteiro de chuvas, nuvens, alagamentos, parece que a cidade, ou melhor, muitas cidades desta parte do país, voltam a ter dias luminosos, ainda que chuvas de verão venham refrescar a tarde... 
As aulas recomeçaram, as crianças retomam sua rotina, o trânsito fica ainda mais congestionado, a cidade volta ao seu normal... E esse simples pensamento, crianças voltando às aulas, traz-me lembranças da menina que um dia fui, numa tarde azul, com o tempo em preparativos para um entardecer carregado de chuva, sentada nas escadas que levavam ao quintal do casarão, ansiosa para que o dia seguinte chegasse logo, para que ela pudesse retornar à escola, rever amiguinhas, conhecer a nova professora... Olhava o movimento das nuvens movidas pelo vento e ia imaginando nelas figuras, gente, anjos... Ainda acreditava em Papai Noel, na magia das fadas e dos duendes, na sinceridade dos seres... Até hoje, tantas décadas depois, ainda adivinho nas nuvens castelos, leões, principes, bruxas... é que a menina continua em mim, teimosa, travessa, traquinas... Já não pula corda, já não joga amarelinha, mas ainda sonha. E como sonha!... 
É bem verdade que há muito já não acredita no Bom Velhinho e  que, por vezes, fica descrente da sinceridade dos seres, mas ainda não perdeu totalmente a fé na vida, ainda crê no futuro dos homens, ainda tem tanta esperança no porvir!..

10 comentários:

Beth/Lilás disse...

Bom Dia, cara Dulce!
Somos mesmo seres solares, pois veja só como um simples raio de sol em suas janelas, fez tão bela reflexão.
Também ainda sou assim, ainda tenho na vida e nos humanos, mas acho que o futuro poderá ser ainda melhor, quando tudo voltar a ser como antes.
Digo isso depois de postar a bela poesia de Roseana Murray em meu blog e ter refletido sobre ela.
um lindo dia de sol em sua vida é o que lhe desejo.
bjs cariocas

Ana Martins disse...

Dulce, boa noite!
Depois de tanta desgraça, já é tempo de apreciar a beleza do Sol com serenidade. Cá em Portugal, está um frio de rachar!

Beijinho,
Ana Martins

Agulheta disse...

Amiga Dulce.Nunca perdemos a menina que mora em nós,é bom pensar assim.O sol nos trás os raios de luz que todos gostamos e o sorriso aberto de par em par:ainda bem que por ai está bom finalmente,por aqui muito frio de rachar.
Beijinho e bom fim de semana.

Heliane disse...

Dulce.

Como são doces as nossas lembranças dos tempos de criança e o bom é que essa criança nunca morre de dentro de nós.
As aulas aqui só terão início na semana que vem...daí então estarei vendo aqueles olhinhos sedentos de viver novas amizades, novos desafios, novos sonhos, novas descobertas...em mais um ano letivo, que tem seu início de forma tão rápida.O tempo está passando muito depressa...
Aqui, os pais estão mais mais ansiosos que os filhos(rs).Aguentar a criançada em casa não é muito fácil. ainda mais nesse mundão onde o limite não faz parte da educação de muitas das nossas crianças.
Aqui também, o sol veio prá valer, está um calor insuportável.
Desejo a vc um bom domingo.
beijos

Paloma disse...

DULCE,minha querida amiga,nem me fale em sol e verão, pois a sensação é de estar num caldeirão(sem querer,acabei rimando). Temperaturas elevadíssimas,que nos fazem procurar sombras,que nem sempre encontramos.

Beijos,com o carinho de sempre

Dulce disse...

Beth/Lilás

Pois é, Beth... enquanto houver esperança, o mundo terá chance de se tornar um logar melhor para se viver...

Beijos e um bom domingo para você.

Dulce disse...

Ana Martins

Mas até o clima anda meio louco, minha amiga... Inundações, secas, excesso de frio ou de calor, tudo misturado e fora de época...

Beijos e um bom domingo para você.

Dulce disse...

Agulheta

Pois é, Lisa, e às vezes é essa menina que continuamos a ser pela vida, quem nos sustenta, nos impulsiona, não nos permite esmorecer.

Beijos e um bom domingo para você.

Dulce disse...

Heliane

Sei bem como é importante para você esse convívio com seus alunos, o quanto isso a faz feliz, minha amiga.

Sabe, Heli, às vezes fico pensando cá comigo, aonde é que essa educação tão permissiva vai levar as futuras gerações... Espero, sinceramente, que tudo isso esteja correto, por mais incorreto que me pareça...

Beijos e um bom domingo para você.

Dulce disse...

Paloma,

Lembrando que você está no Rio, onde as altas temperaturas são quase constantes, não é?

Beijos e um bom domingo para você.