floquinhos

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Pequenos rescaldos deixados pelo Irene...

Meus amigos, bom dia!!!
Bom dia e obrigada pela preocupação com uma ausência um tanto demorada do Prosa aqui na Blogosfera, mas o Irene, ainda que debilitado, passou cheio de fúria, ao largo, graças a Deus, mas não tão ao largo que não deixasse umas sequelas por aqui. 
Por toda a região, a força do vento, assustador, deixou árvores tombadas, como aconteceu aqui na rua, onde uma árvore de grande porte caiu sobre os fios da rede elétrica e, no impacto, derrubou o poste, quebrando-o em dois lugares e deixando-nos sem eletricidade por mais de quarenta e oito horas. Agora, feitos os consertos necessários, tudo começa a voltar ao normal.
Acordamos no domingo pela manhã  com o barulho do vento que agitava as árvores do bosque numa dança macabra e assustadora, fazendo-nos temer diante da possibilidade de uma delas cair sobre a casa, mas felizmente resistiram bravamente durante todo o dia. Dia que passamos sob tensão, tentando não passar isso para os meninos, entretendo-os com jogos e brincadeiras, aproveitando cada momento para uma convivência ainda mais estreita do que já temos normalmente. 
Mas vou deixar para contar em outras postagens, ao longo do dia; só vim para agradecer a torcida e a preocupação de cada um de vocês, queridos amigos e leitores do Prosa. Obrigada pelos e-mails, pelos recados, por tudo. 

18 comentários:

Beth/Lilás disse...

Ainda bem, querida Dulce!
Estávamos realmente preocupados com a fúria desta tormenta, mas os cuidados que o governo americano teve para com seu povo é simplesmente louvável e que bom vocês estarem a salvo disso tudo.
Mas, que chato ficar tantas horas sem energia, deve ter sido difícil.
beijão carioca


(Por aqui parece dia de verão, um calorrrrrrrrr que valha-me!)

isa disse...

Obrigada por dar notícias!
Ainda bem que o susto passou e que Deus esteve convosco e,minha querida,aquela Luzinha que eu digo que vela por vcs.
Sei que sou "chatinha",mas que fazer???????
Beijo.
isa.

Dulce disse...

Beth/Lilás

É verdade, Beth, certamente os cuidados e as providências tomadas pelas autoridades foram decisivas nos resultados menos desastrosos da passagem do Irene.
Pois é, é nesses momentos que percebemos que somos, também nós, movidos a energia elétrica... rs... Fica tão estranho!... Mas tudo já voltou ao normal.
Muito obrigada, viu?
Aproveite esse lindo dia. Por aqui também, muito lindo este dia de céu azul de brigadeiro e temperaturas amenas.
Beijos

Dulce disse...

Isa

Minha querida amiga, não vejo onde você pode pensar que é chatinha. Muito pelo contrário! É uma pessoa doce, muito preocupada com seus amigos, muito atenciosa e gentil... Agradeço muito por isso, viu? E sinto sua amizade como um presente lindo que Deus nos dá. Muito obrigada, por tudo.
Beijos e um bom dia

Pitanga Doce disse...

Ainda hoje cedo quando vim aqui falei diante do pc: será que estão sem eletricidade, lá? Afinal, não estava muito longe da verdade, mas hoje é dia de sol, então?

Beijos e fazes falta!

Duh Franzen disse...

Oi Dulce
Ainda bem que não foi tão destruidor como se esperava...mas eu imagino o estresse que uma situação dessa gera nas pessoas.]
Fica com Deus
Bjinhos

Dulce disse...

Pitanga Doce

Obrigada, Pitanga, você fez com que ganhasse meu sia, hoje... rs... Também sinto muita falta de estar por aqui.

Pois é, amiga, e durante o dia, a gente vai levando, mas a noite... rs... Já se deu conta de que somos movidos a "eletricidade"? hehehehe... Nem a porta da garagem podia-se abrir.Ontem cedo, para ir trabalhar, a Angélica teve o maior trabalho. Ainda bem que os carros por aqui ficam na rua sem problema algum, pois foi onde "ele" dormiu... rs...
Mas já está tudo "nos coformes"...
Beijosssss

Dulce disse...

Duj Franzen

é realmente muito, mas muito estressante e quando tudo passa assim sem grandes problemas, o alivio chega até em forma de um cansaço...
Obrigada... fique com Ele também
Beijos

Idanhense sonhadora disse...

Dulce , ainda bem que o pior já passou e a minha amiga ,assim como todos os seus estão ótimos . Fiquei feliz por sabê-lo .
Muitos beijinhos
Quina

Clarice disse...

Dulce, guardadas as proporções estamos em zona de alagamento em Santa Catarina, outra vez. Mesmo assim estive na torcida para que esse vento do Irene se esvaziasse rápido.
Tudo de bom e vamos que vamos!
Abraços.

Dulce disse...

Idanhense Sonhadora

Obrigada, Quina. Tão bom ter amigos(as) como voce! Obrigada mesmo.
Beijos e uma boa noite para você

Dulce disse...

Clarice

Mas que tempo maluco, menina!... longe do verão e já alagamentos por ai? Torço para que tudo fique bem logo, logo, e que as pessoas sejam poupadas de maiores sofrimentos.
Obrigada por tudo e... vamos que vamos, então... Fazer o que?...
Beijos e uma boa noite para você.

Paloma disse...

DULCE, imagino a ansiedade na espera de que tudo passe. Das vezes que voce tem estado aí,já aconteceu de vivenciar esta demonstração de furia, da natureza?

Beijos

Lourdes disse...

Olá Dulce
De regresso das férias, venho fazer uma visitinha e regozijar-me por tudo estar bem consigo após a passagem do Irene.Lembrei-me várias vezes de si. Ainda bem que por aí tudo está a regressar à normalidade.
Beijinhos
Lourdes

Dulce disse...

Paloma

A espera gera mesmo uma ansiedade inexplicável e depois que passa, fica um cansaço também inexplicável, mas uma sensação de alívio maravilhosa.

Já sim, uma fez, na Pensilvânia, quando minha filha morava lá, também pegamos um rabinho de Furação, mas passou durante a noite e eu achei que era uma tempestade forte. Minha filha achou melhor não me dizer o que estaria para acontecer, eu estava recém-viúva e muito frágil, então não houve a espera, só o espanto com a queda de árvores na redondeza.

Mas já passou e não foi nada, graças a Deus.
Beijos, obrigada e uma boa noite.

Dulce disse...

Lourdes

Seja bem vinda em sua volta, minha amiga. Bom te-la por aqui novamente.
sim felizmente tudo voltou ao normal, muito obrigada pela preocupação e atenção.
Beijos e uma boa noite para você.

Anônimo disse...

Que bom que tudo já passou! E que estejam todos bem.
Um grande beijo a todos!
Saudades
Maria Antonieta.

Dulce disse...

Maria Antonieta

Nem diga!!! Agora que já passou, podemos dizer que foi um sufoco e nossa preocupação maior eram os meninos, mas foi tudo tão mais ameno do que se temia que a falta de eletricidade nem foi problema... rs... tiramos de letra...
Agora que tudo se normalizou, a qualquer hora voltamos a falar via Skype ou por telefone.
Estão todos bem por ai?
Beijos para todos / saudades

PS - já quase em contagem regressiva... rs...