floquinhos

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

A beleza e as cores da arte em vidro...



Na manhã de sábado fomos visitar o Museum of Fine Arts, de Boston, sempre um passeio imperdível, sobre o qual ainda vou voltar muitas vezes ao assunto, mas hoje, especialmente, quero mostrar a vocês retalhos de uma das exposições mais bonitas que já vi - "Chihuly Through the Looking Glass", uma mostra deslumbrante de cores, tons, luzes, beleza, do inigualável artista americano na arte do vidro "soprado" Dale Chehuly.  Mas, muito melhor do que palavras, deixo aqui o endereço para um vídeo de divulgação do próprio artista, onde pode-se ver as etapas da produção de suas obras -   http://www.mfa.org/chihuly-music/  -  e a nota que acompanha os folhetos do próprio museu sobre o evento:




"Over the course of his career, Dale Chihuly has revolutionized the art of blown glass, moving it into the realm of large-scale sculpture and establishing the use of glass—inherently a fragile but also magical material—as a vehicle for installation and environmental art. This exhibition of new and archival works represents the breadth and scope of the artist’s creative vision over the last four decades."




Para que esta postagem não fique muito longa e pesada, volto amanhã com novas e mais bonitas fotos deste evento.

6 comentários:

isa disse...

Que beleza!
Fui visitar as suas sugestões e fiquei maravilhada!
Seguirei com mt interesse novas
imagens!
Beijo.
isa.

Paloma disse...

DULCE, nunca tinha visto isso.Quanta arte feita em vidro.Interessante!

Beijos

Maria Teresa disse...

Nossa, Dulce, que sensibilidade!! Essa Arte parece mesmo ter sopro divino...
Beijos

Dulce disse...

Isa

Foi um encanto estar entre tantas cores, luzes, brilho, que se mesclavam suavemente diante de meus olhos...
Beijos

Dulce disse...

Paloma

Quando pensamos em ir a essa exposição, esperava encontrar beleza, mas toda expectativa foi agradavelmente superada, acredite, amiga.
Beijos

Dulce disse...

Maria Teresa

Também me pareceu assim... Senti-me como se estivesse num espaço irreal, num mundo de magia...
Beijos