floquinhos

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

No tronco de uma palmeira


Nos fundos da casa de meu filho, junto ao muro, havia uma palmeira que foi crescendo, crescendo, a ponto de começar a trazer alguns problemas para a manutenção da própria árvore e a limpeza do jardim, então meu filho e minha nora foram aconselhados a cortá-la, o que o fizeram com muita pena, resolvendo deixar uma parte do tronco, onde minha nora havia amarrado raízes de algumas orquídeas. 


Explico: quando as orquídeas que estão em um vaso deixam de florir e parecem que não mais vão faze-lo, ela as retira desse vaso e as amarra num tronco de árvore. Plantas parasitas (ou simbióticas?) que são, elas vão se sentindo em seu ambiente natural e voltam a florescer, numa beleza ainda maior. 



Assim, mesmo cortada, a palmeira continua dando beleza ao jardim, ao acolher a beleza das orquídeas que nela vão crescendo tão bem, como podem ver pelas fotos.


10 comentários:

isa disse...

Mas que encanto!
Até a Natureza aproveita e ñ deita fora!
Lindas flores!
Amei!
Beijo.
isa.


PS:- Hoje o meu coração está florido!
O meu filho mais novo vem a Portugal e amanhã janta comigo...
Calculará a minha alegria.Já fiz a mousse de que ele tanto gosta e amanhã farei um dos seus pratos favoritos.Tudo "canta" ao meu ouvido.

Dulce disse...

Isa

Isso é maravilhoso, minha amiga! Nada nos dá mais alegria do que a presença de nossos filhos. Que tenham lindo s e queridos momentos.

beijos e bem hajam.

Graça Pereira disse...

Na natureza tudo se transforma não é?
Que coisa mais linda...parece quase um milagre.
Beijo
Graça

Maria Teresa disse...

Que lindeza, Dulce! Também eu tenho hábito de aproveitar as orquídeas nas árvores do sítio , mas as que estão em suas fotos estão maravilhosas!
Beijo de linda primavera para você.

Dulce disse...

Maria Teresa

Obrigada, minha amiga, e uma primavera de luz e cores em seus dias para você.

Beijos e boa noite.

Beth/Lilás disse...

Show elas estão, dando um show para a gente!
Eu faço a mesma coisa lá em casa, às vezes levo as que enfeitam o apartamento aqui de Niterói, inclusive já tenho uma lilás igual a esta, para ir pro tronco semana que vem. kkk
Uma pena a grande palmeira ter que ser cortada, no entanto ela continua com vida neste sentido. As raízes muito próximas a muros ou janelas, danificam a estrutura de uma casa e não podem continuar assim. fizeram correto.
bjs cariocas



Dulce disse...

Graça Pereira

Assim é. R nessas transformações, a vida vai se tornando mais bela..

Beijos e um bom dia

Dulce disse...

Beth/Lilas

Fico imaginando a beleza que deve ser o jardim de sua casa lá na montanha... E ir para o tronco, nesse caso, é lúdico e lindo... rs...

Beijos e um lindo dia para você.

Pitanga Doce disse...

Isto é o que chamo de boa mão para plantas e a Maria Antonieta, pelo visto, tem. Estão mesmo lindas, as orquídeas. Quanto às fotos do face, há muito anos (anos mesmo) não ia a um casamento e esse foi dos mais lindos. A noiva, irmã da namorada do rapaz, é doce e estavam os dois muito apaixonados.

Boa tarde, Dulce.

Dulce disse...

Pitanga Doce

É coisa que já não tenho, mão para plantas, por isso fico encantada quando vejo flores viçosas assim. Este ano fiquei toda prosa só porque uma orquídia que estava apagadinha, lá em casa, deu flor!... rs...

Amei as fotos, Pitanga. Vocês estavam muito bem, e seu rapaz é muito "garboso", como se dizia lá no tempo de meus pais... rs...

Beijos e uma boa noite