floquinhos

sábado, 25 de agosto de 2012

Momentos tão simples, tão mágicos...


Acordo preguiçosa nesta manhã de sábado de um agosto todo ensolarado, azul, como se fosse um mês de primavera... O dia amanhece ainda, ao som peculiar do cantar dos bem-te-vis que, para meu encanto, moram entre as árvores das praças e jardins da redondeza. Vou me deixando ficar entre os lençóis, alma em paz, pensamentos livres, soltos, girando pelo quarto, pela vida... E o recital dos bem-te-vis, na medida em que o dia se faz claro, vai pouco a pouco diminuindo. E o pensamento solto traz à memória uns versos de Drummond, certamente criados em um momento meio mágico, como este...


O PASSARINHO EM TODA PARTE

Bem te vi, bem-te-vi
bem te ouvi recitando
e repetindo nítido
um bentibemtivismo.
Bem te vi na roça.
bem te vi na cidade
que prolongava a roça,
bem te vi no jardim
da República sobre
o cupim das cutias
estátuas no gramado, 
bem te vi na Argentina
quando o chá na planície
chamava a revoada
de borboletas trêmulas
sobre o azul da piscina,
bem te vi, bem te vejo
na vasta galeria 
de bichos e de coisas
irmãos de nossa vida
a esvoaçar na voz
dos mais velhos que ensinam
o almanaque da terra,
bem te vi, bem te vejo
presente entre as ausências
que me vão rodeando
e quando bem te avisto
e te ouço, eis que me assisto
devolvido ao primeiro
bem-ver-ouvir do prístino
bem-te-vi bentevisto.

(Carlos Drummond de Andrade)

9 comentários:

isa disse...

E sabem tão bem esses momentos de calma,ouvido o cantar dos passaritos!
Beijo.
isa.

elvira carvalho disse...

E que bom é ficar assim nesse preguiçar.
Um abraço e bom domingo

Beth/Lilás disse...

Querida Dulce!
Ah, imaginei aqui direitinho esta sua languidez na manhã bonita!
Realmente, não podemos reclamar, o inverno tem sido um presente divino, cheio de dias lindos, azuis, pássaros felizes a cantar e à noite lua e estrelas. Obrigada Senhor!
Que lindo este poema, não conhecia, adorei!
Obrigada também por ter atendido meu pedido sobre as letrinhas e, espero de coração, que ninguém lhe aborreça por aqui.
beijinhos cariocas



Dulce disse...

Isa

Se dúvida, querida amiga... São momentos que nos refazem.

Beijos e um bom dia para você

Dulce disse...

Elvira Carvalho

Bom demais, nnão é, Elvira?

Grande abraço e um bom dia para você

Dulce disse...

Beth?lilás

Tem sido mesmo um inverno iluminado. Até SP que sempre se mostra carrancuda, está azul, brilhante...

Bom, Beth, enquanto der para is driblando os spams, vou levando... hehehehe

Beijos e um bom dia para você

ValCruz disse...

Te convido para visitar meu blog com algumas imagens que eu faço andando por aí... E sabe vou te contar! hehe... amo aves, passarinhos e tudo mais.

Lindo poema!

Meu carinho por ti.

Dulce disse...

ValCruz

Bom dia, Val. Convite sempre aceito, minha amiga. Seu cantinho e lindo e, mesmo não postando comentário, ando sempre por lá agradando meus olhos e minha alma com o que encontro, viu?

Beijos

ValCruz disse...

Dulce, volto ao mesmo post para te comunicar que tive que desativar o blog com as minhas fotos, fiquei muito chateada, pois, vi, que haviam copiado algumas imagens de lá, sem por os devidos créditos. Entrei em contato com a pessoa, mas de nada adiantou.

Obrigada pelo seu carinho! Vc é um encanto de pessoa. Sempre muito gentil, sabe Dulce, te fiz um elogio no facebook, no dia em que fizestes aniversário, verdade! rs. Tá lá registrado. Admiro seu jeito de ser.

Meu carinho e respeito por ti.

Um Bj!