floquinhos

sábado, 30 de abril de 2011

O que o vento não consegue levar?


No fim tu hás de ver que as coisas mais leves são as únicas que o vento não conseguiu levar: um estribilho antigo,
um carinho no momento preciso, o folhear de um livro de poemas, o cheiro que tinha um dia o próprio vento...


(Mario Quintana)

10 comentários:

isa disse...

Mário Quintana "fala bonito"!
Como gosto de o ler!Há coisas simples que ñ desaparecem pq marcaram profundamente.
BFS.
Beijoo.
isa.

Dulce disse...

Isa

Como diria meu pai, Quintana canta e encanta os mais doces sentimentos.
Beijos e bom final de semana

Lídia Borges disse...

De coisas pequenas se constrói o que a vida tem de mais belo e significativo.

Um beijo

Saudade!...

Paloma disse...

DULCE, Quintana tinha muita sensibilidade e conhecimento dos sentimentos mais profundos.

Amiga, bom final de semana

Pitanga Doce disse...

...e as lembranças, caro Quintana. E as lembranças.

Bom domingo Dulce

Dulce disse...

Lidia Borges

São sempre mais bonitas as coisas simples que a vida nos oferece.
Beijos / saudades, também

Dulce disse...

Paloma

Verdade, amiga. Quintana é pura sensibilidade.
Beijos

Dulce disse...

Pitanga Doce

Ah, as lembranças...
Beijos

Graça Pereira disse...

Lindo como Quintana sabe dizer e tu escolhes imagens a fazer par com ele e resulta tudo emocionante!
Feliz dia da Mãe.
Mil beijos
Graça

Dulce disse...

Graça Pereira

Muito obrigada, gentil amiga, e um muito Feliz Dia da Mãe para você também.
Beijos.