floquinhos

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

A luz... As cores...


Um raio de sol atravessa a vidraça e bate na linda peça de cristal que repousa sobre a mesinha  transformando-se em todas as cores do arco-iris... Por um momento esqueço do que estava fazendo e fico ali, olhos deslumbrados pela delicadeza da imagem refletindo a luz. Como uma criança que descobre uma nova faceta da natureza, aproximo minha mão do cristal e fico brincando com as cores. E como que por encanto sinto-me essa criança que, por um átimo de segundo, consegue mergulhar na fantasia dos contos de fadas e princesas, de príncipes encantados que aprisionavam a luz dos olhos da amada para sempre em seus próprios olhos... A beleza, a suavidade das cores, sempre exerceram em mim um estranho encantamento. Acalmam-me, estejam elas no azul de um céu de primavera, no doce verde de um mar calmo, nas flores de um jardim, no vestido de uma menina, no olhar da pessoa amada, no prisma que as liberta do raio de luz...
E o dia que amanheceu todo azul, ganha tons suaves em degradée, colorindo a vida!

10 comentários:

Beth/Lilás disse...

Bom dia, querida Dulce!
Eu sei como é isto que nos conta aqui, pois acontece o mesmo em minha cozinha quando o sol bate numa das portas de vidro da varanda e joga no chão dela todas as cores do arco íris.
Confesso que fico também impressionada e já até fotografei o momento e coloquei lá no Facebook.
É mesmo uma beleza da natureza dentro de nossa casa!
Tenha um lindo dia!
beijinhos cariocas ... azuis.

Pitanga Doce disse...

Ei Dulce, que voltaste tão menina sonhadora, desta viagem a Campinas! Aqui as nunvens prevalecem ao azul e arco-írs? Nem no chão, nem no ar.

beijos pitangueiros

Dulce disse...

Beth/Lilas

Não é incrível, Beth, que coisas aparentemente tão banais e corriqueiras tenham tal efeito sobre nós?

Obrigada, beijos e um bom dia para você também

Dulce disse...

Pitanga Doce

Mas ainda não voltei, Pitanguinha... Só volto a Sampa no domingo. Enquanto isso vou curtindo céu azul de brigadeiro e temperaturas amenas. Afinal, ainda estamos na primavera, não é?

Beijos e um bom dia para você.

isa disse...

Que bom que sei que está bem,minha querida.
Sim, sou uma "chata",uma preocupada com as pessoas de quem gosto!
Pode dizer ao mundo (risos)porque será difícil eu mudar...
Um lindo texto na sua prosa de que sou fã!
Beijo.
isa.

Dulce disse...

Isa

Como assim, chata, minha amiga?... Vocé é uma das pessoas mais doce e amiga que conheço... Por favor, Isa, não mude nunca. Você é muito especial, viu?


Obrigada por sua preocupação. Beijos e uma tarde linda para você.

Agulheta disse...

Amiga Dulce.Que bom sonhar feito criança,na magia das cores e no cintilar das luzes,faz muito bem a alma ser assim.
Beijinho

Pitanga Doce disse...

Ô Dulce! Tu tá enforcando a semana de trabalho, filha? Que vergonha!! hehehe

Dulce disse...

Agulheta

É isso mesmo, Lisa.sonhar feito criança, ainda que na maturidade, acalenta a alma.
Beijos e uma boa noite para você

Dulce disse...

Pitanga Doce

Mas estou mesmo terrível, não Pitanguinha? Matando o trabalho para poder ficar "al dolce fare niente"... hehehehe...

Beijos, obrigada e uma boa noite para você também