floquinhos

sexta-feira, 30 de março de 2012

Onde jaz a esperança?


"Já se disse que as grandes idéias vêm ao mundo mansamente, como pombas. Talvez, então, se ouvirmos com atenção, escutaremos, em meio ao estrépito de impérios e nações, um discreto bater de asas, o suave acordar da vida e da esperança. Alguns dirão que tal esperança, jaz numa nação, outros, num homem. Eu creio, ao contrário, que ela é despertada, revivificada, alimentada por milhões de indivíduos solitários, cujos atos e trabalho, diariamente, negam as fronteiras e as implicações mais cruas da história. Como resultado, brilha por um breve momento a verdade, sempre ameaçada, de que cada e todo homem, sobre a base de seus próprios sofrimentos e alegrias, constrói para todos."

(Albert Camus)

6 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Nos tempos que correm é muito difícil saber onde mora a esperança, Dulce.
No entanto, como venho defendendo há uns anos, ela está a sul do Equador, nessa imensa e progressiva América Latina.
Muito obrigado pelas palavras que deixou no meu novo blog, Dulce.
Espero que as próximas crónicas lhe agradem igualmente.
Beijinho

Dulce disse...

Carlos Barbosa de Oliveira

Espero que esteja certo, meu amigo, que este lado ao sul do equador seja mesmo o repositório da esperança...

Um prazer estar em seu "Crônicas on the rocks". exatamente como estar em seu "Crônicas do Rochedo", viu? Sempre um bom momento.

Beijos e um bom dia

Pitanga Doce disse...

Onde mora a esperança? Ou onde ela se acaba? É que por vezes o lugar é o mesmo. Ainda ontem, convivendo com crianças e tu sabes de que maneira, sinto que a tal da esperança se esconde atrás de um sorriso triste, descrente, mas ela está lá. Fraquinha, mas está.

Beijos em tarde de incertas nuvens.

Dulce disse...

Pitanga Doce

E é exatamente isso... O saber que ela se esconde atrás de um sorriso triste, que nos faz acreditar que ainda não está tudo perdido...

Beijos

Agulheta disse...

Amiga Dulce. Sempre acredito na esperança de novos dias e horizontes,ou não seja como disse sonhadora mas os pés assentes sempre.Não gosto de ver sorrisos tristes e tento lhe dar um pouquinho de esperança para sorrirem.No mundo onde vivemos vemos muita falta de valores onde se encere a palavra,mas acredito que um dia será melhor.
Beijinho e bfs

Dulce disse...

Agulheta

O que mostra o porque de você ter escolhido uma profissão como a sua, onde, antes de mais nada, exige solidariedade, amor ao próximo, despreendimento...

Beijos, Lisa, e um bom final de semana para você.